MArio Cordeiro«Construir famílias. Family Building. Não queremos (eu pelo menos não queria) alguém a intrometer-se e a dizer o que os pais devem fazer no seu espaço íntimo, na sua relação íntima e pessoal com os seus filhos e na sua parentalidade, mas… que tal a hipótese de haver alguém, não intrusivo, que desse umas “dicas”, que ajudasse a pensar, que apoiasse, sobretudo nas alturas em que a ansiedade aumenta, a angústia aparece e até parece que ser pai ou mãe se transformam numa daquelas epopeias que só o herói da Guerra das Estrelas conseguirá ultrapassa? Ainda por cima faltam-nos os robots BB8, C38O ou o R2-D2 para nos orientarem.

Ah, mas aqui estão eles… ou elas. A Diana e a Inês. Não pretendem ensinar, de forma paternalista, ou substituir-vos nas vossas funções. Não contem com isso. Vocês é que são os pais e geraram o “menino que têm nos braços”. Se têm algum problema queixem-se aos produtores… mas ter o apoio de alguém que sabe, ajuda, não se intromete, tem bom senso e apenas pode – qual semáforo ou GPS – dar-vos algumas orientações neste percurso complicado que é ser pai ou mãe, sabe sempre bem.

O projeto Family Building é isso. Apoiar, estar presente, ajudar, aconselhar mas não dirigir, substituir ou “roubar-vos” o vosso filho. Não! Vocês, pais, são os responsáveis, e os vossos filhos únicos, insubstituíveis e irrepetíveis. Os pais são (salvo raras exceções) os melhores pais que os filhos podem ter. Todavia… até o Ronaldo ou o Messi precisam de um bom treinador! Ou de um terapeuta, quando ficam com as mazelas de cada jogo. É importante apoiar, é importante prevenir, mas também é importante tratar, nos casos em que o processo ultrapassa o poder de resolução de cada um. Há coisas que nós resolvemos facilmente; depois temos os círculos dos amigos, colegas, familiares; e quando isso não chega precisamos de alguém que saiba, que trate e apoie. O Ronaldo e o Messi são o que são porque têm uma equipa com eles, unida, competente e solidária.

No vosso caso, poderá ser necessário arranjar uma destas equipas – aqui está ela ».