bigstock-Cheerful-family-doing-arts-and-60522305
Family Building nas Escolas

A relação escola-família tem um papel preditor no desenvolvimento das crianças, bem como no respetivo processo escolar. Segundo Epstein (1996), professor e investigador na John Hopkins University, quando a escola e família comunicam de forma eficaz, os pais têm mais probabilidades de estabelecer uma relação de confiança e cooperação com os professores e a escola, bem como acompanhar melhor os progressos da criança.

 

Desta forma, as interações entre a escola e a família aumentam, levando os pais a compreenderem melhor os objetivos e decisões escolares e, assim, a percepcionarem a escola e os seus profissionais de uma forma mais positiva.

 

O Family Building acredita que as escolas, ao disponibilizarem um serviço inovador, adequado e eficaz, estarão a ir ao encontro de necessidades atuais dos pais, alunos, famílias, docentes e funcionários (pois também terão as suas famílias). A confiança dos pais na escola será, assim, reforçada e a relação e comunicação entre os dois agentes educativos consolidada. Além disso, as escolas estarão também a contribuir para um aumento da motivação, compromisso e desempenho por parte de todos os colaboradores, já que estes também poderão encontrar, no seu local de trabalho, soluções pertinentes para as suas próprias questões familiares.

 

Neste sentido, realizamos:

- Workshops de Parentalidade Positiva nas escolas, para pais, filhos, professores e colaboradores. 

- Parcerias com escolas, onde oferecemos descontos em sessões familiares, parentais e individuais, para os alunos, professores e todos os colaboradores, bem como para os seus familiares directos.

Benefícios do Family Building nas Escolas

Fortalecimento da relação e comunicação entre a escola e a família;

Maior cooperação dos pais e participação no desenvolvimento dos filhos e no respetivo processo escolar;

Possibilidade da escola oferecer um serviço personalizado e adequado a cada família;

Maior confiança dos pais na escola;

Melhor imagem institucional;

Mais motivação, confiança e compromisso dos docentes e auxiliares;

Melhor ambiente psicológico na comunidade escolar;

Melhor desempenho no trabalho.